CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

quarta-feira, 31 de março de 2010

A ACADEMIA BRASILEIRA DE LITERATURA DE CORDEL

    
      A Academia Brasileira de Literatura de Cordel é a entidade literária máxima a reunir, no Brasil, os expoentes deste gênero literário típico da Região Nordeste do país, com sede no Rio de Janeiro, e fundada a 7 de setembro de 1988. (Fonte: Wikipedia)
       Contando com acervo de já 13 mil títulos, o cordelista Gonçalo Ferreira da Silva capitaneou sua fundação, no Rio, através de etapas que, com apoio da Federação das Academias de Letras no Brasil, culminou com a aquisição de sede própria, reunindo na antiga capital do Brasil a entidade máxima do gênero. (Fonte: Wikipedia).
        Constituída por quarenta Cadeiras, assim como a Academia francesa que a todas as Academias serve de modelo, cada uma delas sob um Patronato, como a Brasileira, possui ainda a categoria de Sócios Beneméritos.

        Apesar de ser Brasileira, apenas vinte e cinco por cento de suas quarenta cadeiras estão reservadas a não-moradores da capital carioca. Situa-se à Rua Leopoldo Fróes, Nº 37, bairro de Santa Teresa.
(Fonte: Wikipedia).

FUNDADORES

Apolônio Alves dos Santos
José João dos Santos(Azulão)
Cícero Viera da Silva(Mocó)
Expedito Ferreira da Silva
Elias A. de Carvalho
Gonçalo Ferreira da Silva
Hélio Dutra(Santa Rita)
Manoel D`Almeida Filho
Paulo Nunes Batista
Eunice Cézae Souza
Miriam Machado Bellini
Cícero Quaresma Fernandes
Sebastião Campelo(Sepalo)
Waldomiro Félix Galvão
Rodolfo Coelho
Cavalcanti Filho
José Alves Sobrinho
Gonçalo Gonçalves Bezerra
Minelvino Francisco Silva
Homero do Rêgo Barros
Francisco Sales Arêda
João Lucas Evangelista
Abraão Batista
Pedro Bandeira de Caldas
João de Cristo Rei
João Alves Santos
Salomão Rovedo(Sá de João Pessoa)
Severino Borges da Silva
José Costa Leite
Ivanildo Vila Nova
Luiz Gonzaga de Lima
João Firmino Cabral
Manoel Pereira Sobrinho
Manoel Alves de Souza(Santa Maria)
Eneas Tavares dos Santos
Antônio Teodoro dos Santos
Antônio Alves de Lima
Manoel Messias
Maria do Livramento
(Fonte: Site da ABLC)

Patronos e Membros


Cadeira        Patrono                                 Ocupante
 
1        Leandro Gomes de Barros           Cadeira vaga
  
2        José Pedro de Barros                  Cadeira vaga

3        Firmino Teixeira do Amaral          Gonçalo Ferreira da Silva

4        Apolônio Alves dos Santos           Moreira de Acopiara

5        José Camelo                                João José dos Santos

6        Guerra Vascurado                       Sepalo Campelo

7        João Martins de Athayde             Marcus Lucenna

8        Sebastião Nunes Batista               Abelardo Nunez

9        Luiz da Costa Pinheiro                 Olegário Alfredo

10      Catulo Cearense                          Cadeira vaga

11      José Pacheco                               Klévisson Viana

12     Francisco das Chagas Batista        Paulo Nunes Batista

13     Delarme Monterio Silva                 Marco Haurélio

14     Pacífico Pacato Cordeiro Manso   William J. G. Pinto

15     Patativa do Assaré                         Antônio Francisco Teixeira de Melo

16     Veríssimo de Melo                        Adriana Cordeiro Azevedo

17     Silvino Pirauá                                Manoel Santamaria

18     José Bernardo da Silva                 Maria Rosário Pinto

19     Leonardo Mota                            Messody Ramiro Benoliel

20     Manoel D'Almeida Filho               Glória Fontes Puppin

21     Joaquim Batista de Sena               Guaipuan Vieira

22     Antônio Batista Guedes                Argeu Sebastião da Motta

23     Capistrano de Abreu                    Agenor Ribeiro

24     Silvio Romero                              Heloisa Crespo

25     Juvenal Galeno                             Francisco Silva Nobre

26     Luís da Câmara Cascudo             Crispiniano Neto

27     M. Cavalcante Proença                Zayra Coutinho

28     Caetano Cosme da Silva              Cadeira vaga

29     Manoel Caboclo e Silva               Maria Luiza

30     José Galdino da Silva                   Duda Cícero Pedro de Assis

31    Umberto Peregrino                       Ivamberto Albuquerque Oliveira

32     José da Luz                                 Antônio de Araújo (Campinense)

33     Rodolfo Coelho Cavalcante         Wanda Brauer

34     Manoel Camilo dos Santos           Luis Nunes Alves (Severino Sertanejo)

35     José Praxedes                              Cadeira vaga

36      Adelmar Tavares                         Antônio Bispo dos Santos

37      José Soares                                 J. Victtor

38      Manoel Tomaz de Assis               Manoel Monteiro

39      Sebastião do Nascimento             Cadeira vaga

40      João Mequíades Ferreira             Arievaldo Viana

Fonte wikipedia
     A cadeira de n° 21, pertencente ao poeta Joaquim Batista de Sena, paraibano de Patos, que residiu muitos anos no Ceará, em Redenção, será ocupada pelo poeta piauiense Guaipuan Vieira, radicado no Ceará. Guaipuan foi o responsável em Fortaleza, na década de 80 pela retomada dessa cultura de feira, contribuiu para que na década de 90 surgissem novas entidades e editoras em todo o Nordeste. A escolha da ABLC,por este vate do cordel é de grande importância, enriquece muito mais seu quadro.
Fonte wikipedia.

Imagem: http://blog.farofa.net/up/f/fa/blog.farofafilmes.com/img/ilustra_esq4.gif

terça-feira, 30 de março de 2010

SOBRE MANOEL BELIZARIO


Manoel Messias Belizario Neto nasceu no Sítio Lages, zona rural do município de Aguiar (PB) . Teve seus primeiros contatos com a literatura de cordel Na infância – quando os irmãos mais velhos se ocupavam em ler os folhetos para a família toda noite, à luz de candeeiro. Aos 10 anos de idade se muda para a cidade para morar com o póstumo avô José Parente. Ali dá início aos seus estudos primários na escola municipal Padre Aristides Ferreira da Cruz; cursa o ensino fundamental na honrosa escola estadual Bernardino Bento e conclui o ensino médio na escola municipal Lídia Cabral de Souza; Continuava tendo contato com o cordel todas as vezes que ia visitar a família paterna no sítio Lages. Em 2004, após passar no vestibular para Letras, na Universidade Federal da Paraíba, decide morar em João Pessoa. Por necessidade de trabalhar textos poéticos em sala de aula (na escola municipal Alfredo José de Carvalho - Alhandra PB) e de incentivar os alunos aos estudos, compõe seus primeiros folhetos: “Peleja do Aluno Preguiçoso com o Estudioso" e "Conselhos de Mãe". A partir daí dá início a composição de diversos outros cordéis: “Satan Processa Bin Laden e Bush Por Plágio e Difamação” (Vencedor do prêmio Novos Escritos da Funjope em 2007), A Peleja da Integração (encenado em vários eventos educativos da STTrans de João Pessoa), "Homenagem aos Políticos Corruptos", "Cordel do Estatuto da Criança e do Adolescente" entre vários outros. Ao todo, o poeta compôs até agora trinta folhetos. Destes, 15 são inéditos. Em 2010 Decide levar sua poesia para a internet de maneira universal. Decide escrever pequenos poemas em cordel para divulgar esta cultura popular sem fronteiras. Lança seu poemas na Biblioteca Virtual dos escritores (ver link: http://www.komedi.com.br/escrita/leitura.asp?Texto_ID=6550 ) e cria o blog Cordel Paraíba (www.cordelparaiba.blogspot.com) para divulgar seus cordéis e a literatura de cordel como um todo. É atualmente: cordelista; estudante do último período de Letras na Universidade Federal da Paraíba; Professor de Língua Portuguesa; Orientador Social de jovens na comunidade Alto do Mateus, em João Pessoa, no Programa social Projovem Adolescente. (OBS: Os cordéis lançados na internet são livres para publicação em site, blogs e citações impressas. Porém o autor alerta aos interessados a obrigação de citá-lo enquanto autor, pois todos os textos de sua autoria são protegidos pela lei de direitos autorais.)

CORDÉIS LANÇADOS NA INTERNET


































VEJA AS PUBLICAÇÕES DOS CORDÉIS DE MANOEL MESSIAS BELIZARIO NETO EM SITES E BLOGS PUBLICAÇÃO DE CORDÉIS DO AUTOR EM SITES E BLOGS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DE MANAUS


JORNAL MUNDO JOVEM JORNAL MUNDO JOVEM

(Tiradentes: o Lado Mais Fraco da Corda) http://www.pucrs.br/mj/poema-cordel-82.php

JORNAL MUNDO JOVEM (Façamos Justiça Social)


JORNAL MUNDO JOVEM (Cordel do Estatuto da Criança e do Adolescente)


JORNAL MUNDO JOVEM (Dia dos Jovens)


JORNAL HUGO IGARACY (Alerta ao Usuário do Orkut) http://www.hugoigaracy.com/site/index.php?p=noticias_ver&id=565

CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL DE MATO GROSSO





BRUXINHA ALEGRE



JORNAL DA BESTA FUBANA (Tiradentes: o Lado Mais Fraco da Corda)


JORNAL PATOS ON LINE (Tiradentes o Lado Mais Fraco da Corda)



BLOG NO OLHAR NORTE (Tiradentes: o Lado Mais Fraco da Corda)http://noolharnorte.blogspot.com/2010/04/tiradentes-o-lado-mais-fraco-da-corda.html

JORNAL MUNDO JOVEM (Tributo ao Índio)


JORNAL HUGO IGARACY (Dia Mundial da Saúde)


JORNAL DA BESTA FUBANA (Dia Mundial da Saúde)


BLOG FOLHA DO CARIRI (Dia Mundial da Saúde) http://ocariri.blogspot.com/2010/04/o-cordel-sempre-chama-atencao-das.html SITE DO JORNAL A FONTE É NOTÍCIA (Cordéis: Dia Mundial da Sáude, Dia dos Jovens e Tributo ao Índio) http://www.afonteenoticia.com.br/pagina.php?pg=3&id_noticia=3329 JORNAL DA BESTA FUBANA (Páscoa) http://www.luizberto.com/?p=114330


JORNAL HUGO IGARACY ( Páscoa)

http://www.hugoigaracy.com/site/?p=noticias_ver&id=581 PUBLICAÇÃO NA VERSÃO DIGITAL E IMPRESSA DO JORNAL CORREIO DE NOTICIAS: (Flor Mulher) http://www.jcnoticias.net/edicao/mar_10/10.htm

SITE MISCELÂNEA CEARENSE E NORDÉSTEA (Melancolias de um Sertanejo Longe de Seu Torrão)


SITE JORNAL ON LINE A FONTE É NOTÍCIA (O Surgimento da Mentira no Brasil) http://www.afonteenoticia.com.br/pagina.php?pg=3&id_noticia=3192 BLOG CULTURA NORDESTINA: (Alerta ao Usuário do Orkut)

http://culturanordestina.blogspot.com/2008/05/cordel-do-orkut.html BLOG MUNDO CORDEL (O Surgimento da Mentira no Brasil) http://mundocordel.blogspot.com/2010/03/cordel-sobre-o-dia-da-mentira.html BLOG CULTURA NO CARIRI (Melancolias de Um Sertanejo Longe de Seu Torrão) http://culturanocariri.blogspot.com/2010/02/melancolias-de-um-sertanejo-longe-de.html SITE JORNAL DA CIDADE: (Flor Mulher) http://www.jornaldacidadeonline.com.br/leitura_artigo.aspx?CodArtigo=1843 SITE JORNAL MUNDO JOVEM: (Peleja do Aluno Preguiçoso Com o Estudioso) http://www.mundojovem.com.br/poema-cordel-79.php SITE GRUPO PARAIBAS.COM: (São João Sertanejo) http://www.grupos.com.br/group/paraibas/Messages.html?action=message&id=124552037343092&year=09&month=06&prev=1 SITE JORNAL MUNDO JOVEM: (Conselhos de Mãe) http://www.jornalmundojovem.com.br/datas-comemorativas/mae/mensagens-conselhos-de-mae.php

SITE PROJETO CORDEL: FRANCISCO DINIZ E VALENTIM QUARESMA (Peleja do Aluno Preguiçoso Com o Estudioso)http://www.projetocordel.com.br/manoel_belizario/alunos.html


SITE PROJETO CORDEL: FRANCISCO DINIZ E VALENTIM QUARESMA (Conselhos de Mãe)http://www.projetocordel.com.br/manoel_belizario/conselhos_de_mae.html

SITE PROJETO CORDEL: FRANCISCO DINIZ E VALENTIM QUARESMA (Melancolias de Um Sertanejo Longe de Seu Torrão)http://www.projetocordel.com.br/manoel_belizario/melancolias.html


SITE PROJETO CORDEL: FRANCISCO DINIZ E VALENTIM QUARESMA (Lembranças de um Riacho Sertanejo)http://www.projetocordel.com.br/manoel_belizario/riachinho.html


SITE POETAS VALENTIM QUARESMA E FRANCISCO DINIZ: (Cordel do Estatuto da Criança e do Adolescente) http://literaturadecordel.vilabol.uol.com.br/cordeldoeca.htm


CORDEL PUBLICADO EM PROVA DE CONCURSO PÚBLICO DE CURRAIS DE CIMA PB, MONITOR DO PETI (pag. 3): (Cordel do Estatuto da Criança e do Adolescente) http://www.adviseconcursos.com.br/provas/curral_de_cima/monitor_peti.pdf CORDEL PUBLICADO EM PROVA DE CONCURSO PÚBLICO DE CURRAIS DE CIMA PB SUPERVISOR ESCOLAR (pág. 5): (Cordel do Estatuto da Criança e do Adolescente) http://www.adviseconcursos.com.br/provas/curral_de_cima/supervisor_escolar.pdf

SITE MULHERES COM DILMA (Cordel de Apoio à Dilma) http://www.mulherescomdilma.com.br/?p=1027 BLOG VEREDAS: (São João Sertanejo) http://equipeveredas.blogspot.com/2009/08/cordel.html BLOG CORDEL DE CORDA: (Alerta ao Usuário do Orkut) http://cordeldecorda.blogspot.com/2007/09/voc-que-est-sentado-acessando-o-orkut.html BLOG FOGO CRUZADO: (Lembranças de um Riacho Sertanejo) http://www.aclecivam.blog-se.com.br/blog/conteudo/home.asp?pg=4&idBlog=13718&arquivo=semanal&inicio=22/4/2007&fim=28/4/2007&mes=&ano=2006 BLOG DO POETA DO SERIDÓ EDNALDO LUIZ: (Alerta ao Usuário do Orkut) http://ednaldoluiz.blogspot.com/2009/09/poeta-manoel-messias-belizario-neto.html BLOG NÃO HÁ PÉROLA MAIS RARA: (São João Sertanejo) http://paraibavermelha.zip.net/arch2009-06-21_2009-06-27.html BLOG AÇÃO INDÍGENA (Tributo ao Índio) http://ajindo.blogspot.com/2010/03/tributo-ao-indio.html BLOG TUPINIQUIM (Tributo ao Índio) http://indios.blogspot.com/2010/03/tributo-ao-indio.html PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS DA PREF MUN DE JOÃO PESSOA COMO DECLAMADOR: http://literaturadecordel.vilabol.uol.com.br/tenda_do_cordel_2008.html BLOG CULTURA NORDESTINA (Melancolias de um Sertanejo Longe de Seu torrão) http://culturanordestina.blogspot.com/2010/02/melancolias-de-um-sertanejo-longe-de.html BLOG COBRA CORDELISTA: (Flor Mulher) http://cobracordelista.blogspot.com/2010/03/flor-mulher.html (O Sugimento da Mentira no Brasil) http://cobracordelista.blogspot.com/2010/03/o-surgimento-da-mentira-no-brasil.html BLOG SOU MAIS COLIGADO : (Melancolias de um Sertanejo Longe de seu Torrão) http://soumaiscoligado.blogspot.com/2010/02/melancolias-de-um-sertanejo-longe-de.html BLOG MIPIPU (O Sugimento da Mentira no Brasil) http://mipibuatenta.blogspot.com/2010_03_01_archive.html BLOG CULTURA NORDESTINA (O Sugimento da Mentira no Brasil) http://culturanordestina.blogspot.com/2010/03/o-surgimento-da-mentira-no-brasil.html BLOG MUNDO CQC (Homenagem ao CQC) http://blogmundocqc.blogspot.com/2010/03/cordel-em-homenagem-ao-cqc.html PALAVRAS AO VENTO (Tributo ao Índio) http://maratozatto.blogspot.com/2010/07/homenagem-oxossi-e-todo-o-povo-indigena.html BLOG DA DILMA (Cordel de Apoio à Dilma) http://dilma13.blogspot.com/2010/05/cordel-de-apoio-dilma.html VIAJANDO NO BLOG Dia dos Jovens http://viajandonoblog.blogspot.com/2010/05/vivendo-e-escrevendo.html 7º ANO - 2010 - E.E.F. Rda.EMÍLIA DE LIMA -PROFESSORA TÂNIA - IBARETAMA/CEARÁ (Tributo ao Índio) http://setimoano2010professoratania.blogspot.com/2010/05/poesia_27.html GRÉCIA MARIZ LYRA VOLUNTÁRIOS C&A (Cordel do Estatuto da Criança e do Adolescente) http://voluntarios.institutocea.org.br/blogs/3470/posts/362 O NORDESTE . COM – ENCICLOPÉDIA NORDESTE (Biografia de Manoel Messias Belizario Neto) http://www.onordeste.com/onordeste/enciclopediaNordeste/index.php?titulo=Manoel+Messias+Belizario+Neto&ltr=m&id_perso=1279 BLOG DO VEREADOR LUCICLÁUDIO (Cordel de Apoio à Dilma) http://vereadorluciclaudio.blogspot.com/2010/05/cordel-de-apoio-dilma.html POEMA SUCESSO NA INTERNET “FLOR MULHER”, PARA O DIA INTERNACIONAL DA MULHER, PUBLICADO POR: BLOG CULTURA NORDESTINA: http://culturanordestina.blogspot.com/2010/03/flor-mulher.html BLOG ESPAÇO DE GHEISA DO ESPIRITO SANTO VIEIRA http://gheisavieira.spaces.live.com/blog BLOG GHEISA ARTE http://gheisarte.blogspot.com/2010/03/8-de-marco-e-seu-dia-mulher.html SITE DO JORNAL MUNDO JOVEM: http://www.mundojovem.com.br/poema-mulher-84.php BLOG PRECE- PROGRAMA DE EDUCAÇÃO EM CÉLULAS COOPERATIVAS http://prece-ce.blogspot.com/search?q=flor+mulher BLOG LOSBOBBAS http://losbobbas.blogspot.com/2010/03/emblema-gracas-as-mulheres.html BLOG MAXSUEL XAPURI http://maxsuelmaia.blogspot.com/search?q=flor+mulher BLOG ZONA LITERÁRIA http://moniqueafranca.blogspot.com/2010/03/feliz-dia-internacional-da-mulher.html BLOG FASES http://nossasfases.blogspot.com/2010/03/dia-internacional-da-mulher.html SITE JORNALIRISMO:



BLOG EMBLEMAS GRAÇAS AS MULHERES http://losbobbas.blogspot.com/2010/03/emblema-gracas-as-mulheres.html BLOG RECEITAS E DICAS DA MÃE http://receitasedicasdamae.dihitt.com.br/noticia/dia-da-mulher-3/quem_votou BLOG ESPAÇO DE ELISA http://elisafreitas1.spaces.live.com/default.aspx VINICIUS DE AQUINO.MUSICBLOG http://viniciusdeaquino.musicblog.com.br/ BLOG CONTROLERS http://viniciusdeaquino.musicblog.com.br/ SITE CEAT http://www.ceat.net/index.php?option=noticia&task=detalhe&tipo=N&id=653&Itemid=56 SITE GOLF MK3 CLUB http://www.golfmk3.com.br/forum/viewtopic.php?f=49&t=3208 SITE FOTOLOG http://www.fotolog.com.br/mayarinhabentes/92724446 BLOG MARINA SANTANA http://marinasantanna.com/2010/03/08/dia-internacional-da-mulher BLOG PRECE - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO EM CÉLULAS COOPERATIVAS http://prece-ce.blogspot.com/search?q=flor+mulher

BLOG TEMPESTADE http://andreia-tempestade.blogspot.com/search?q=flor+mulher PERFIS DO ORKUT COM O POEMA FLOR MULHER: LITTLE



MARI VELOSO



RAFHAELA OLIVEIRA: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=4397468710671166024 ELIANA VIANA SOUSA http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=10432812933464728064 MARJORIE RISCH HIRSCH SCHAEFER http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=4734271702833308980 POESIA PARA MULHERES EM MOVIMENTO http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=25361217&tid=5445196672197392541&kw=manoel+messias+belizario+neto MENSAGENS http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=52327&tid=5426357987841277290&kw=manoel+messias+belizario+neto&na=2&nst=77 JB VIDAL http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=13235622805545634408 MARCIA PARABENS PELO NOSSO DIA http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=12674275333906404323 SORAIA OLIVEIRA http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=16797427079545160602 MTB http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=994799793435341901 ELIANA LOPES DE MARCHI http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=8171079723796263483 GERSON BAREZI http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=210414627033483268


POR JUSTIÇA SOCIAL




Caros amigos a vida
É cheia de diferenças
Tanto pobre e pouco rico
Tornando a vida mais tensa
Luto pela igualdade
Essa é a minha crença.

Creio num mundo feliz
Bem bonito de se vê
Quem sabe não é o verso
"Viage a São Saruê"
Ali caberá a todos
Eles, vós, nós e você.

Sou Manoel Belizario
Junte-se a mim meu amigo
Lutemos contra a maldade
O que traduzir perigo
Para a nossa humanidade
Levemos a igualdade
Pra tudo o que for abrigo.

Comecemos pois agora
Para a luta acirrar
O primeiro passo é
A gente se empenhar
Em frequentar a escola
Vamos vem vamos embora
Para a vida melhorar.

Autor: Manoel Messias Belizario Neto

CORDEL: DILMA PRESIDENTE PARA DAR CONTINUIDADE AO GOVERNO NOTA MIL

Se o povo brasileiro
Forçar um pouco a memória
Vai se lembrar como era
A nossa triste história.
Antes do governo Lula
O Brasil não tinha glória.

Lembra que FHC
Vendia sem ter pudor
As estatais brasileiras
Por irrisório valor?
Até queria vender
O Brasil ao exterior?

Falo da ALCA que ele
Almejava implantar
-Área de Livre Comércio
Das Américas - que má
Destruiria o Brasil
Lula deu chega pra lá.

Antes do governo Lula
Não existia concurso
Porque para FHC
O que geria o transcurso
Do governo era a geral
Terceirização em curso.

Já Lula pelo contrário
Não quer terceirização
Geral porque para ele
O que governa a nação
É o povo apoderado
De seus órgãos de gestão.

Porque quando terceiriza
Só um terá o poder
Sobre os outros e então
Tudo piora porque
Aumenta a exploração
E em conseqüência o sofrer.

Foi por causa do governo
Lula que em todo Brasil
Agora temos concursos
Como nunca antes se viu
Lula nunca quis vender
Nossa pátria e mãe gentil.

FHC prioriza
O modo neoliberal
O qual iguala o humano
À esfera irracional
Que compete e vence aquele
Com maior força letal.

Lula não governa assim.
Para ele o principal
É fazer uma política
Longe do individual
Dividindo a produção
Em favor do social.

Caro eleitor pense bem
Na hora que for votar:
Qual o governo é o melhor,
Qual dos dois deve ganhar?
Dilma representa Lula
Serra é cria de FH.

Lula fez mais que melhor
Por este nosso Brasil
Temos que retribuir
Todo o seu gesto gentil:
Vote Dilma presidente
Para continuar, gente,
O governo nota mil.

Autor: Manoel Messias Belizario Neto, João Pessoa, 28.03.2010
Fonte image: http://3.bp.blogspot.com/_nIhHylcueUs/SbrKYXUB6zI/AAAAAAAAX6M/fwxdIJVnDAc/s320/dilma+e+lula+usina+hidreletrica.jpg

segunda-feira, 29 de março de 2010

ESCRITOR JOSÉ HUMBERTO DA SILVA ME PLAGIA NOVAMENTE

Desta vez o safado plagiou o poema Flor Mulher

Novamente meus leitores
Passo por decepção
O tal do JOSÉ HUMBERTO
DA SILVA um safadão,
Plagiou outro poema
Meu, cê acredita, irmão?

Desta vez vez minha mensagem
Não vai pra aquele safado,
(Autor de meia tigela,
Vigarista e discarado)
Vai pra o recanto das Letras
O coito do desgramado.

Site RECANTO DAS LETRAS
Não envergonhe a história
Dando coito a um safado
Que aproveita a glória
De quem sabe escrever
Pra se gabar em vanglória.

Site RECANTO DAS LETRAS
Que recanto é você?
Acolhendo desonestos.
Meus Deus em quem eu vou crer?
Quem acoita um safado
Já deve lhe conhecer.

Porque tenho uma amiga
Escritora de mão cheia
Que me disse que o safado
Pega poesia alheia
Inclusive uma dela.
Veja só que coisa feia!

Sr. RECANTO DAS LETRAS

Não faça cara tristonha.
Não finja q não sabia
Com explicação bisonha.
Você deve se limpar
Varrer a casa e deixar
De acolher sem-vergonha.
Autor: Manoel Messias Belizario Neto, 28. 03.10
Fonte imagem: http://uei2005.blogs.sapo.pt/arquivo/mentiras.jpg
Link do poema original, Flor Mulher:
Link do plágio



domingo, 28 de março de 2010

O SURGIMENTO DA MENTIRA NO BRASIL




Leitor, para ser um homem
Ou uma mulher de verdade
A criatura precisa
Ter no mínimo honestidade
Que é a mãe dos princípios
Morais de uma sociedade.

Hoje em dia é comum
Homem e mulher de mentira.
Nesse verso vou narrar
De onde isto surgira.
Trazer à tona a verdade.
Esta é a minha mira.

Toda a saga tem início
Nas plagas de Portugal
Ainda na construção
Da esquadra de Cabral.
A mentira se escondeu
No porão de uma nau.

Coitada quase morreu
De calor, fome e sede.
Porém aguentou calada,
Encostada na parede.
Pensando:’que bom seria
Se já existisse rede’!

Quando em 1500
Cabral chegou no Brasil
A mentira, de fininho,
Do seu recanto saiu.
Passou pelos tripulantes.
Pulou no mato e sumiu.

A verdade já morava
Nas terras de Pindorama.
Ninguém avisou a ela
Para apagar as chamas
Que a mentira acendia
Em favor de sua trama.

A mentira foi ganhando
Importância no reinado.
Disfarçada de verdade
Tinha todos do seu lado.
Portugueses e indígenas
Por ela foram enganados.

Já a verdade, coitada,
Caiu numa confusão.
Confundida com a mentira
Foi levada à inquisição.
Escapando da fogueira
Se exilou no sertão.

Por isso que no sertão
Inda hoje tem sofrimento.
Porque a verdade quer
Eleger seu movimento.
Mas a mentira vem antes
E conquista o parlamento.

Com a verdade exilada
A mentira ganha fácil.
Vai abrindo filiais
No país sem embaraço.
Aonde hoje é Brasília
Ela constrói seu palácio.

Nos fundos deste palácio
Ela faz seu cemitério.
Quem foi enterrado lá?
Até hoje é um mistério.
No lugar hoje se encontra
Os prédios dos ministérios.

Já em 1700
Com o mundo modernizado
A mentira decidiu
Abandonar seu reinado.
Em pouco tempo o palácio
Estava arruinado.

Na década de 50,
Coitado de JK!
Inocente escolheu
O mesmíssimo lugar
Que a mentira habitou
Para a Brasília implantar.

Por um tempo no país
Houve paz e harmonia.
Foram buscar a verdade.
Deram-lhe a anistia.
Pena que a tempestade
Vem depois da calmaria.

Porque a mentira estava
Na Europa passeando
Quando viu numa esquina
Um jornaleiro gritando
Que a capital brasileira
Estaria prosperando.

A mentira ao vir a foto
Conheceu na mesma hora.
Passou um desconhecido
E perguntou: ‘por que chora’?
A mentira disse:’eu
Estou muito triste agora’.

‘Há alguns anos atrás
Eu morei em um país.
Lá fiz amigos, riqueza,
Aprontei tudo o que quis.
Escolhi um lugar lindo
E ergui uma matriz.’

‘Por estar podre de rica
Resolvi abandonar
O país e me botei
Por este mundo a andar.
Curtir a vida e também
Outro povo atasanar.’

‘Vi agora no jornal
Que minha linda morada,
Construída com suor,
Dela não resta mais nada.
Fizeram uma cidade
Onde ficava a coitada.’

‘Sabe de uma coisa, amigo,
Farei a seguinte trilha:
Vou retornar ao Brasil,
À cidade de Brasilia.
O bom filha a casa torna,
Para rever a família’.

‘Quero de volta o palácio
Porque é meu de direito.
Se eu não for atendida
Levarei tudo no eito.
Dissemino a inverdade.
Todo o país desajeito.’

Ao dizer isto partiu
De trem, rumo ao oceano.
Pegou o primeiro navio.
Traçou um único plano:
Ou tinha tudo de volta,
Ou espalharia dano.

Numa tarde de verão
Ela aporta na Bahia.
Vê um Brasil diferente
Daquele que conhecia.
Agradou-se do lugar,
Porém ficar não podia.

Quando chegou em Brasília
Ficou muito emocionada
Ao rever aquelas terras
Que fora sua morada
Cheia de gente vivendo
Em casas modernizadas.


Avistou a Esplanada
Dos Ministérios pomposa.
Disse: ‘não tenho o palácio,
Minha mansão fabulosa.
Mas tenho em seu lugar
Uma construção honrosa’.

‘Sabe de uma coisa, amigo,
Não quero a morada antiga.
Vou ficar é nesta nova.
Besteira entrar em briga.
O chalé aqui é grande.
Qualquer quartinho me abriga.’

A mentira se instalou
No prédio da Esplanada
Do Ministérios e até
Hoje lá está plantada.
Vez em quando sai da toca
Pra tomar sol na calçada.

Às vezes ela percorre,
Em excursão, o Brasil.
Depois volta alegremente
Com um olhar infantil
À sua eterna morada.
Tem recepção gentil.


Por isso, caros leitores,
Que temos corrupção.
Não culpe a classe política.
Dê a ela seu perdão.
A culpa é dessa mentira
Em constante tentação.

Autor: Manoel Messias Belizario Neto

Fonte imagem:http://www.disquefacilteresina.com.br/images/conteudo/mentira.jpg


sábado, 27 de março de 2010

CORDEL: O DIA QUE O ESCRITOR JOSÉ HUMBERTO DA SILVA ME PLAGIOU

         Neste dia 26 de março de 2010 sofri meu primeiro plágio por parte do escritor JOSÉ HUMBERTO DA SILVA, do site RECANTO DAS LETRAS www.recantodasletras.uol.com.br

       Depois dessa concluo que a mentira não mora só em Brasília, mas no meio da classe dos escritores, disfarçada de escritor.


O DIA QUE O ESCRITOR JOSÉ HUMBERTO DA SILVA  ME PLAGIOU


Mal comecei a carreira
De poeta popular
E um escritor de renome
Que devia me ajudar
Ao invés disso o que fez
Foi mesmo me plagiar.

Foi no RECANTO DAS LETRAS
Que oTAL autor  em questão.
Ontem, dia 26
De março fez a ação
De plagiar um poema
Meu, tu acredita, irmão?

O senhor JOSÉ HUMBERTO
DA SILVA viu meu poema
NO BRASIL", este é o tema.
Em seguida copiou
Fazendo o seguinte esquema.

Tirou algumas palavras
Pondo outras no lugar.
Mas quem conhece o cordel
Percebe num só olhar
O que é meu está certinho
O que é dele não está.

Porque, modéstia à parte,
Meus leitores sabem bem:
Minha métrica é das boas.
Não vou negar a ninguém.
Não escrevo pé quebrado
Porque a mim não convém.

Se os leitores olharem
No link perceberão
Que ele pegou palavras
Fora da situação
E jogou em meu poema
Dando uma de sabichão.

Como é senhor JOSÉ
HUMBERTO que você faz
Uma coisa feia dessas.
E depois ainda mais
Proíbe a cópia da página
Por direitos autorais?

JOSÉ HUMBERTO DA SILVA
Conhecia o seu valor.
Valorizava seus feitos
Enquanto bom escritor
Agora já não sei mais
SE QUEM FAZ É O SENHOR.

Por que não faz como o blog
Que como outros criados
Por artistas, gente fina
Publicam nossos cordéis
Do jeito que a regra ensina.

JOSÉ HUMBERTO DA SILVA
Não busque fazer sua fama
Às custas deste poeta
Que escreve porque ama.
Quem quer crescer desta forma
Acaba mesmo é na lama.


Autor: Manoel Messias Belizario Neto, 27 de março de 2010

FONTE IMAGEM: http://ptodecontato.files.wordpress.com/2009/09/mentira7_1.jpg
email:manoelbelizario@yahoo.com.br

Veja lançamento do texto original alguns dias antes



Veja o plágio de José Humberto da Silva poucos dias depois: eles tiraram do site Recanto das Letras, mas vc pode ver por um site alternativo, shared 4, clique no doc cordel plagiado por José Humberto da Silva e baixe para ver que eu estou falando a verdade.
http://www.4shared.com/account/dir/22289496/6ad41525/sharing.html?rnd=68
(link do plágio retirado)
 http://recantodasletras.uol.com.br/poesiastranscendentais/2159759