CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

domingo, 25 de dezembro de 2016

MENSAGEM DOS PROFESSORES AOS ALUNOS CONCLUINTES DO AUGUSTO DOS ANJOS JOÃO PESSOA – 2016.


Por Manoel Belisario
***
Caros alunos concluintes
Um novo ciclo se encerra.
Momentos inesquecíveis,
Vossa memória descerra.
O passado nos invade,
Com a marca da saudade
Vem ao nosso peito e o ferra.
***
Muitos de vocês chegaram
Nesta escola ainda na infância.
Trazidos por vossos pais
Com cuidado e vigilância.
Sonhando em vê-los distantes
Longe das trilhas errantes
Do Mundo da Ignorância.
***
Esta escola os acolheu
Como um abraço materno.
Foi vosso lar, vossa praça,
Foi matéria de um caderno
Onde se escreve poesia;
O sol surgindo num dia
Gelado do fresco inverno.
***
Por aqui vós acessastes
Ao saber fundamental,
Entrada, porta, alicerce
Pra sapiência de alto grau.
Tivestes nós professores
Como facilitadores
Desse processo essencial.
***
Fostes bem entronizados
Nos saberes culturais
Que são sistematizados
Em róis educacionais
Cujas teses muito sérias
Se traduzem nas matérias
E seus assuntos globais.
***
Estudastes Matemática,
História, Geografia, Inglês,
Ciências, Educação Física,
Religião, Artes, Português
E tantos ensinamentos
Que nos corações atentos
Grande importância se fez.
***
Quanto engenho transmitido!
Quantos valores passados!
Para o mundo, para a vida,
Por nós fostes orientados.
Fica, pois em vossas mãos
O papel de cidadãos
Com os braços descruzados.
***
Seus amigos conquistados,
Esta longa trajetória
Vivida sob este teto
Levais em vossa memória.
Os saberes recebidos
Jamais vão ser esquecidos.
São parte de vossa história.
***
Enfim, sentimos cumprida
Nossa parte da missão.
Caso vos venham saudades
Afligindo o coração,
Estamos aqui bem perto
Com o abraço e o peito aberto
E ainda estendida a mão.
***
A maior RIQUEZA humana
Está no CONHECIMENTO,
Nele mora a liberdade
Dona do DISCERNIMENTO.
O que dele se apropria
Na PLENA CIDADANIA
Constrói um belo aposento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário